quinta-feira, 8 de março de 2012

Novo Cinema Alemão comemora 50 anos | Cinema | DW.DE | 06.03.2012

"O cinema clássico está morto. Nós acreditamos no novo" – disseram 26 jovens cineastas alemães em 1962. O acontecimento entrou na história do cinema como Manifesto de Oberhausen e seus vestígios são visíveis até hoje.
Foi como qualquer outra revolução. Aqueles que tramaram a queda do cinema antigo desapareceram em algum momento das telas, apenas alguns poucos manifestantes conseguiram se manter. A longo prazo, sucesso mesmo só tiveram aqueles cineastas que vieram posteriormente.
A revolução em questão se chama Manifesto de Oberhausen e pode ser considerado o marco mais importante do cinema alemão pós-guerra. Na realidade houve precursores do movimento, mas eles acabaram caindo injustamente no esquecimento. Anos mais tarde ainda viriam a acontecer mudanças significativas, mas o que ficou na história foi o Manifesto.
'via Blog this'

Nenhum comentário: